Imprimir esta página
Quinta, 12 Dezembro 2019 18:13

Procon Assembleia atende 131.792 consumidores em 18 anos de funcionamento

O Procon da Assembleia legislativa do Estado do Ceará (Procon Alec) completa 18 anos de funcionamento totalizando 131.792 consumidores atendidos. Criado em 13 de dezembro de 2001, na gestão do então presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, Tourinho Filho (2001-2002), alguns nomes fazem parte da sua história como gestores do órgão de defesa do consumidor, tais como Moésio Loyola (2003-2004/2005-2006/2007-2008), Fernando Hugo (2009-2010/2011-2012/2013-2014), Odilon Aguiar (2015-2016) e novamente o deputado Fernando Hugo (2017-2018/ 2019-2020).

O atual presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, deputado Fernando Hugo, destaca que foram inúmeros os avanços durante esses 18 anos de atuação do órgão. Para ele, o Procon vem cumprindo com louvor o seu papel. “Nessa comemoração de maioridade, eu posso dizer que o Procon ganhou destaque positivo. Nossa função, nosso objetivo é atender o ponto mais frágil dessa relação, que é o consumidor, e estamos cumprindo com êxito”, ressalta.

O deputado Fernando Hugo acentua que a atuação da comissão se fortaleceu principalmente com a expansão dos serviços prestados pelo Procon Assembleia, saindo exclusivamente das dependências da Casa Legislativa para atingir municípios do interior do Estado.

Atualmente, conta com 10 núcleos de atendimento, criados por meio de parceria entre a Assembleia e os municípios de Juazeiro do Norte, Crato, Quixadá, Viçosa do Ceará, Sobral, Morada Nova, Quixeramobim, Tauá, Jaguaruana e Camocim.

A coordenadora do Procon Alec, Telma Valéria, que trabalha no órgão desde sua criação, comemora a marca dos 131.792 atendimentos durante esses 18 anos. “A conquista desse resultado expressivo é fruto de um trabalho em equipe, responsável por desenvolver meios de conciliação e de equilibrar a relação entre os consumidores e fornecedores. Isso só mostra que estamos no caminho certo”, conclui a coordenadora.

BALANÇO 2019

No balanço das atividades desenvolvidas de janeiro a novembro de 2019, o Procon Alec realizou 13.788 atendimentos (reclamações abertas, processos administrativos, atendimentos por Call Center, cálculos revisionais). Os números são maiores do que no ano anterior – em 2018 foram atendidos 12.657 consumidores. 

No ranking das empresas mais reclamadas pelos consumidores em 2019 estão a Enel Distribuição Ceará, concessionária de energia do Estado; Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) e OI Móvel, empresa de telefonia.

O ranking é baseado nas reclamações fundamentadas atendidas e não atendidas, isto é, aquelas em que a análise das provas constatou as infrações.

Segundo a coordenadora geral do órgão, Valéria Cavalcante, o ranking das mais reclamadas e o índice de solução de conflitos são importantes para o consumidor compreender quais as empresas que buscam melhorar os serviços e quais permanecem com falhas.

Ela revela ainda que a divulgação desses números é uma obrigação de todos os Procons do País, sendo estabelecido pelo próprio Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Anualmente, os órgãos de proteção têm a incumbência de listar as empresas que possuem os maiores números de reclamações fundamentadas”, afirma Valéria. 

Retrospectiva dos 18 anos de atendimento do Procon Assembleia 
2002:   1.349 atendimentos.
2003:   1.457 atendimentos.
2004:   2.932 atendimentos.
2005:   1.743 atendimentos.
2006:   4.826 atendimentos.
2007:   6.456 atendimentos.
2008:   7.130 atendimentos.
2009:   6.832 atendimentos.
2010:   5.354 atendimentos.
2011:   6.342 atendimentos.
2012:   3.288 atendimentos.
2013:   5.592 atendimentos.
2014:   4.508 atendimentos.
2015: 12.902 atendimentos.
2016: 18.528 atendimentos.
2017: 16.108 atendimentos.
2018: 12.657 atendimentos.
2019: 13.788  atendimentos (Dados consolidados até 30 de novembro).
Total: 131.792 atendimentos.

 

Ler 223 vezes Última modificação em Segunda, 16 Dezembro 2019 18:42

Mais recentes de Comunicação